Fale Conosco
  • phone
    (21) 2657-1149 | (21) 2669-4773 | (21) 3738-7925 | (21) 99540-8008
  • location_on

    Rua Maria Adelaide de Carvalho, 20, 10ºandar - Centro- Nova Iguaçu - RJ, - Cep: 26.210-070

    location_on

    Rua Daut Peres nº 70 sala 202 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ. - Cep : 22.640-070

Deixe sua Mensagem

    Saiba como evitar os erros de controle de estoque em sua indústria

    Evite Erros De Controlo De Estoque Em Sua Industria Blog - Quero montar uma empresa - Saiba como evitar os erros de controle de estoque em sua indústria

    Descubra como evitar os erros de controle de estoque em sua indústria

    Conheça os principais erros de controle de estoque em sua indústria e saiba como evitá-los

    O estoque é um dos setores mais importantes de uma indústria. Por isso, cometer erros de controle de estoque pode gerar grandes prejuízos ao seu negócio.

    Afinal, é preciso ter o controle efetivo da quantidade de matéria-prima utilizada para a produção, bem como uma noção dos produtos que já acabaram.

    Sendo assim, o controle de estoque na indústria atua com o objetivo de garantir a boa organização e a eficiência da produção e das vendas, bem como da situação financeira da empresa, tendo em vista que ele não vai permitir que falte matéria-prima para a produção e também não permitirá que ocorra um grande número de produtos encalhados, situações que causam prejuízos financeiros.

    Por isso, no artigo de hoje, vamos apresentar os principais erros de controle de estoque cometidos em indústrias a fim de que você possa evitá-los.

    Acompanhe!

    Quais são os principais erros no controle de estoque?

    Os principais erros de controle de estoque são:

    1. Não fazer inventário do estoque periodicamente: esse é um dos erros mais comuns e perigosos, pois, se você não realizar um relatório detalhado dos produtos que são vendidos na sua empresa, não saberá as quantidades e os tipos de itens que há no seu estoque, correrá o risco de não ter os produtos desejados pelos clientes no estoque etc.
    2. Falta de antecipação à demanda: você precisa ter a previsão de demanda, entendendo quais produtos devem ser produzidos em um número maior em determinado período, qual deve ter a sua produção reduzida etc. Assim, você não correrá o risco de atrasar a entrega ou até mesmo de cancelar a venda por não conseguir produzir mais produtos a tempo.
    3. Informações desatualizadas: todas as movimentações devem ser atualizadas imediatamente, seja sobre a entrada ou sobre a saída de matéria-prima e de produtos, seja em relação a um código, à data de aquisição, ao preço ou à descrição do produto etc. Deixar para atualizar depois pode causar furos no estoque, prejudicando o controle de estoque e até mesmo a emissão de notas fiscais.
    4. Sistemas não integrados: é fundamental que exista uma troca constante entre as áreas área comercial, a de compras e a de logística. Ou seja, as informações e os dados a respeito do inventário do estoque devem ser de fácil acesso para que esses setores possam alinhar as suas atividades e as estratégias à realidade do estoque.
    5. Não analisar as métricas: o controle de estoque também possibilita o fornecimento de dados e de métricas importantes para a sua indústria, como:
      • Quais são os produtos mais procurados e com mais saída do estoque;
      • Quais são os produtos que estão parados no estoque;
      • Qual o índice de perda de produtos;
      • Quais são as épocas do ano em que há maior giro de produtos;
      • Qual o tempo de venda de um produto, desde sua entrada em estoque até sua saída etc.

    Ou seja, analisar essas métricas pode auxiliar na previsão de demanda, na estratégia de vendas, de produção, de logística… Dessa forma, não analisar as métricas pode prejudicar a própria gestão de vendas.

    Veja também:

    Como evitar erros de controle de estoque em sua indústria?

    • Controlar bem as entradas e as saídas do estoque;
    • Capacitar os funcionários;
    • Manter a boa organização do estoque;
    • Manter a atualização do inventário;
    • Integrar o controle de estoque às demais áreas da empresa;
    • Antecipar as demandas;
    • Analisar as métricas;
    • Manter o controle efetivo do fluxo de caixa da empresa;
    • Contar com o apoio de um profissional contábil.

    Conte com o nosso suporte especializado no setor industrial!

    Manter o controle efetivo de estoque é um trabalho que demanda atenção, conhecimento e técnica. Por isso, contar com o suporte de profissionais especializados é fundamental a fim de garantir que não haverá erros de controle de estoque.

    Dessa forma, não hesite em contar com o nosso apoio. Temos a expertise necessária para prestar o suporte de que você precisa com o intuito de manter o bom funcionamento da sua indústria e de otimizar os resultados do seu negócio.

    Sendo assim, entre em contato conosco agora mesmo!

    Fonte: Quero Montar uma Empresa

    TENHA O CONTROLE EFETIVO DO ESTOQUE DA SUA INDÚSTRIA E EVITE PREJUÍZOS!

    Rate this post

    Compartilhe nas redes!

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

      Comentários

      0 0 votes
      Article Rating
      Subscribe
      Notify of
      guest
      0 Comentários
      Inline Feedbacks
      View all comments
      Recomendado só para você!
      Tudo o que você precisa saber sobre a Declaração de…